Primeira edição de "Pride and Prejudice" licitada por 95 mil euros

Primeira edição de Pride and Prejudice licitada por 95 mil euros

Exemplares das primeiras edições de Pride and Prejudice, de Jane Austen, Moby-Dick, de Herman Melville e Wizard of Oz, de Frank L. Baum, semelhantes aos adquiridos pela Livraria Lello em 2019, foram agora a leilão e atingiram valores históricos.

Em 2019, a Livraria Lello investiu cerca de 500 mil euros na ampliação do seu espólio, dando destaque a edições raras das obras que inclui na sua The Collection, coleção de clássicos da literatura mundial. No passado dia 14 de setembro, a Christie’s Nova Iorque leiloou primeiras edições de algumas destas obras: Pride and Prejudice, de Jane Austen, Moby-Dick, de Herman Melville, e Wizard of Oz, de Frank L. Baum, em tudo semelhantes às adquiridas, há dois anos, pela Livraria Mais Bonita do Mundo. Os resultados provam que o Livro é, de facto, objeto seguro de investimento.

A primeira edição de Pride and Prejudice que, adquirida pela Livraria Lello em 2019 por cerca de 64 mil euros, foi agora leiloada por mais de 95 mil. O exemplar de Moby-Dick atingiu neste leilão o valor de quase 69 mil euros, mais de o dobro do preço pago pela Livraria Lello por um exemplar que tem até um fator extra de valorização – pertenceu a Jim Morrison. Já a primeira edição de Wizard of Oz foi licitada por cerca de 58 mil euros, o que representa uma valorização de 14 mil euros, em relação a 2019.

No mesmo leilão, foi ainda licitada uma primeira edição de Lolita de Nabokov, por cerca de 5 300 euros, mais três mil euros do que a Livraria Lello investiu num exemplar semelhante, também em 2019.

“Valorizar o Livro enquanto objeto de arte, de cultura, mas também de investimento tem-se assumido como uma das principais missões da Livraria Lello. Esta notícia reforça-o, incentivando-nos a seguir o sonho de continuar a valorizar e salvaguardar o património literário e editorial”, refere a administradora da Livraria Lello, Aurora Pedro Pinto.

O leilão "The Exceptional Literature Collection of Theodore B. Baum", realizado pela Christie’s Nova Iorque entre os dias 14 e 16 de setembro, reuniu obras de alguns dos mais conceituados autores de todos os tempos. Para além dos livros referidos, vale a pena destacar a surpreendente valorização de Frankenstein, de Mary Shelley, leiloado nos três volumes originais, cuja estimativa estava entre os 200 e os 300 mil dólares, e acabou licitado por 1.120 milhões.