Compre um livro da nossa coleção e receba gratuitamente um Ticket-Voucher para nos visitar!
ENTRADA NA LIVRARIA LELLO O Livro ideal para Si

Ondjaki é autor do mês na Livraria Lello

Na sexta-feira, 17 de junho, pelas 21h30, a Livraria Lello recebe Ondjaki para uma conversa com o professor da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), Carlos Nogueira, sobre a sua carreira literária.

Ondjaki é autor do mês na Livraria Lello


 

Ndalu de Almeida, conhecido pelo pseudónimo Ondjaki, para além de escritor e poeta é também prosador, cineasta e pintor. Dedica ainda, parte do seu tempo a atuações teatrais e às artes plásticas.

Nascido em Luanda em 1977, o escritor faz parte da primeira geração de angolanos que cresceu num país independente. A sua infância foi vivida numa Angola em guerra onde procurou refúgio nos livros e na leitura. Talvez por isso Luanda seja personagem central da sua escrita e fonte inesgotável da energia literária que usa para reinventar as próprias memórias.

O seu percurso artístico começou no teatro, mas rapidamente se estendeu à escrita com a revista cómico-satírica, Nganza Times que coordenou com os seus colegas de escola. A escrita literária e de ficção surgiram mais tarde, em Portugal, quando integrou um curso de escrita criativa, enquanto estudava Sociologia em Lisboa.

Publicou o seu primeiro livro, Actu Sanguíneu, em 2000 e, desde então, nunca mais parou de escrever, tendo-se aventurado por vários estilos literários, desde o romance aos contos, passando pela poesia e pela literatura infantil. É precisamente nesta última categoria que se insere o seu mais recente livro, Senhor Feroz, publicado em 2022 com ilustrações de Alex Gozblau.

Os da Minha Rua, Bom dia Camaradas, e O Assobiador são outras das obras mais conhecidas do autor que foi já traduzido para francês, espanhol, italiano, alemão, inglês, sérvio, swahili e polaco.

Os mais de 25 livros que publicou valeram a Ondjaki vários prémios literários, entre os quais Sagrada Esperança, em 2004, o Prémio Literário António Paulouro,em 2004, o Grande Prémio de Conto «Camilo Castelo Branco» da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão/APE, em 2007, o prémio Grinzane for Africa Prize – Young Writer, em 2008, o Prémio FNLIJ, em 2010, 2013 e 2014, o prémio JABUTI na categoria juvenil, em 2010, e o Prémio Bissaya Barreto de Literatura para a Infância, em 2012.

Em 2013, com Os transparentes, ganhou o Prémio José Saramago juntando-se a Paulo José Miranda, José Luís Peixoto, Adriana Lisboa, Gonçalo M. Tavares, Valter Hugo Mãe, João Tordo, Afonso Reis Cabral, Julián Fuks, Bruno Vieira Amaral e Andréa del Fuego na lista de herdeiros de Saramago, único Prémio Nobel da Literatura em língua portuguesa.

O autor estará na Livraria Lello para uma conversa com Carlos Nogueira para a qual todos os amantes de livros estão convidados. A sessão é de entrada livre, mediante inscrição no website da Livraria Lello [aqui]. Será ainda possível assistir ao evento via livestreaming, na página de Facebook ou no canal de Youtube da Livraria Lello.