Edições de Colecionador

Céu em Fogo

Mário de Sá Carneiro

ISBN: 0000000000199



5 000,00€

Céu em Fogo é uma alucinante viagem ao fervilhar do Modernismo em Portugal, guiada por personagens que buscam o raro, o invulgar, o inesperado e o bizarro, numa clara projeção do autor, um dos principais protagonistas desta corrente literária em Portugal, Mário de Sá-Carneiro. Este exemplar, encadernado, é um raro aparecimento da primeira edição com assinatura de José Pacheko , conceituado artista que foi responsável pelo desenho da capa de brochura, e amigo próximo do autor. Na altura da publicação, a obra dividiu as opiniões dos críticos, que olhavam com desconfiança para os recém-chegados ao mundo das Letras. O livro foi escrito em Paris e apresenta-se como uma profunda crítica do autor à pátria. Resulta ainda de um longo debate de ideias entre Sá-Carneiro e Fernando Pessoa, documentado pela correspondência trocada entre ambos, durante cerca de dois anos. Céu em Fogo foi publicado em abril de 1915, no mês seguinte ao primeiro número de Orpheu (financiada pelo pai de Sá-Carneiro), numa fase em que a indignação quanto ao periódico estava ainda muito viva. Esta é uma sequência de contos autónomos entre si, embora fortemente ligados quanto aos aspetos estéticos, e entre os quais as personagens, quase sempre artistas ou escritores, transitam. Mário de Sá-Carneiro afirmaria que estas são páginas de alucinação, tendo mesmo considerado dar ao livro o subtítulo de «Sonhos».