Edições de Colecionador

Crime do Padre Amaro

Eça de Queiroz

ISBN: 0000000003006



550,00€

Após uma primeira edição polémica, em 1875, com acesas críticas da Igreja e de plágio ao romance La Faute de l’Abbé Mouret de Émile Zola – ideia para a qual o título terá contribuído –, Eça de Queiroz publicou uma nova edição refundida e recomposta que viria a fixar definitivamente o texto. Antero de Quental escreveria em carta ao autor que O Crime do Padre Amaro “é o melhor exemplar de psicologia social portuguesa contemporânea”. Figura incontornável da literatura, Eça cria com as suas detalhadas descrições retratos admiráveis do Portugal oitocentista em forma ficcional. Considerado como o livro introdutório do realismo literário em Portugal, os amores proibidos de Amaro e Amélia são um documento humano e social, numa crítica à religião e à moralidade. Este exemplar é uma segunda edição em livro, contém uma nota introdutória de Eça de Queiroz e foi editado pela Livraria Internacional Ernesto Chardron.