Depois de dois meses triunfantes, Miró fica na Livraria Lello até ao fim do Verão

4 de julho de 2018

Exposição “Formas Artísticas – Livros Ilustrados de Joan Miró” prolongada por mais três meses, até 30 de setembro de 2018.

Depois de dois meses em que a Livraria Lello foi a primeira casa em Portugal – e a segunda em todo o mundo -, a ter o privilégio de receber a fascinante viagem de Miró, protagonizada pelo seu belo traço, a cada um dos 13 belos poetas que fizeram parte da sua vida, temos o prazer de anunciar que a Sucessió Miró e o neto do intemporal pintor Espanhol, Joan Punyet Miró, reconhecendo o enorme sucesso da exposição inaugurada a 28 de abril, autorizaram o seu prolongamento durante todo o verão, até 30 de setembro de 2018.

Durante os dois meses que leva na Livraria Lello, a exposição “Formas Artísticas – Livros Ilustrados de Joan Miró” conquistou a atenção de mais de 180.000 visitantes, de mais de 60 nacionalidades diferentes. O seu prolongamento durante todo o verão permitirá atingir os 500 mil visitantes, que contactarão com a riqueza do universo literário de Miró e com as ilustrações que este criou sobre os 13 poetas e poemas que mais amou.

Trata-se de uma exposição de livros de artistas que pertence ao acervo documental da biblioteca privada de Joan Miró, pela primeira vez expostos em Portugal e pela segunda vez em todo o mundo.

Na exposição são exibidos 13 livros ilustrados por Joan Miró com textos de alguns dos poetas mais proeminentes do século XX, entre os quais André Frénaud, André Pieyre de Mandiargues, José-Miguel Ullán, Lise Deharme, Michel Leiris, Pablo Neruda e René Char. Nesta seleção merece ainda destaque o livro do poeta brasileiro João Cabral de Melo Neto, intitulado “Joan Miró” (edição de 1950), no qual os dois amigos experimentam técnicas novas com resultados inovadores, tendo alguns dos livros contado, também, com a cumplicidade do editor, poeta e artista plástico Pierre André Benoit.

Esta exposição testemunha uma fascinante viagem através dos livros ilustrados ao longo século XX. Representa o diálogo intertextual e artístico que Joan Miró levou a cabo com os mais importantes escritores do seu tempo, privilegiando sempre a poesia que reinterpretou plasticamente através de gravuras e litografias.
Esta exposição mostra como a aventura de Joan Miró como artista plástico é inseparável da sua relação com a literatura.

Na Livraria Lello cuidamos de convocar o belo que há fora de nós para vir ampliar o belo que mora sempre nesta tão bela livraria.
Assim, a Livraria Lello aprofunda o seu posicionamento enquanto polo cultural incontornável da cidade do Porto, apostada em quebrar as barreiras entre os países e entre as diferentes formas artísticas, bem como em trazer os melhores autores, de hoje como de sempre, aos seus leitores, consolidando a vocação do Porto como cidade literária.
A carregar
A carregar
Este site usa cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao prosseguir estará a consentir a sua utilização.            
Ver Mais